Os lançamentos de 2020 da dinamarquesa HAY

“Os detalhes não são detalhes: eles fazem o produto”. A conhecida frase de Charles Eames me veio à cabeça ao ver vários dos lançamentos da dinamarquesa HAY, apresentados hoje à imprensa latino-americana num tour virtual pela HAY Gallery.

Nossos guias foram Mette e Rolf Hay, fundadores e diretores criativos da marca, surgida em 2002 e que hoje pertence ao grupo Herman Miller — grande parceiro do casal Eames, veja só! E isso me lembrou outra máxima de Eames: “No final, tudo se conecta: pessoas, idéias e objetos. A qualidade das conexões é a chave para a própria qualidade”.

Aqui, uma seleção de cinco lançamentos nos quais os detalhes são parte essencial do produto:


Cadeira Revolt, design Friso Kramer

Embora a HAY seja conhecida pela colaboração com designers contemporâneos, abriu uma exceção para introduzir em seu catálogo, em parceria com a holandesa Ahrend, esta cadeira criada em 1953. O detalhe: uma junta especial une a estrutura ao encosto e permite que este se movimente de acordo com os movimentos do usuário.


Pendente Pao, design Naoto Fukasawa

Inspirada nas tendas Pao, tradicionais da Mongólia, a luminária exibe a estética da simplicidade que caracteriza a produção do designer japonês. O detalhe: precisão na junção entre o cabo e a cúpula de aço.


Cadeira Petit Standard, design Daniel Rybakken

Após 8 anos de desenvolvimento, o designer norueguês chegou a uma cadeira leve, resistente e altamente empilhável. O detalhe: a estrutura é composta por tubos de alumínio que se conectam por meio de seis juntas precisas de alumínio fundido, dando a impressão de uma peça contínua.


Poltrona Dorso, design GamFratesi

Compacta e de dimensões elegantes, a poltrona surpreende pelo conforto e por ser giratória, mesmo com uma estrutura tradicional em sua aparência. Nas palavras de Roy Hay, ela combina “uma estética simples e uma funcionalidade mais complexa”. O detalhe: A fixação das pernas em uma estrutura circular perimetral, permite o giro e também dá mais flexibilidade ao assento, resultando em mais conforto.


Sofá Arbour, design Andreas Engesvik e Daniel Rybakken

Simples e honesto, mas ao mesmo tempo elegante, foi desenvolvido com a intenção de criar um sofá durável e sustentável — é o primeiro sofá produzido por uma empresa dinamarquesa a receber o Nordic Swan Ecolabel. O detalhe: uso de percintas elásticas na estrutura garante conforto extra, enquanto a estrutura rígida de madeira é toda desmontável, de modo a permitir o fácil reparo ou substituição apenas da parte danificada: a ideia é permitir uma durabilidade longa ao móvel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.