Arte engenhosa

Um escultor mecânico, que cria máquinas inúteis. Assim se descreve o inglês Nik Ramage, autor da escultura Fingers, uma escultura de mão cujos dedos ficam tamborilando sem cessar. A proposta pode até ser inútil – para usar as próprias palavras de Ramage –, mas é bem divertida.

E pelo jeito não fui só eu que achei, já que a peça, vendida na loja virtual Laikingland, já está em sua 3ª versão, agora em ferro. O vídeo mais para o final do post mostra bem o funcionamento desta escultura cinética.

Aqui, a explicação de Nik para as suas invenções já mostra o humor deste inglês:
“Máquinas feitas para uso industrial ou doméstico são projetadas para serem eficientes e pouparem trabalho. As máquinas que eu faço não são utilitárias e tem a incerteza e a fragilidade incorporadas. Elas são as últimas a serem escolhidas quando as máquinas estão escolhendo seus times para jogar futebol.
Elas são montadas a partir de componentes que foram projetados para outro propósito, na mais fina tradição da tecnologia de fundo de quintal, acolhendo as levemente danificadas e as complemente exaustas. Algumas das máquinas trabalham incansavelmente para cumprir suas tarefas. Algumas são como ferramentas quase-úteis.”

Vale visitar o site www.nikramage.com para conferir as outras engenhocas criadas por este Professor Pardal às avessas.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.