Expo Revestir 2019: Top 10

Principal feira de revestimentos, louças e metais da América Latina, a Expo Revestir acontece em São Paulo até esta sexta, 15/03. Compartilho aqui os dez lançamentos que mais chamaram minha atenção nesta 17ª edição da feira. Em comum entre os escolhidos, o frescor na abordagem e a originalidade: produtos que não tentam imitar ou reproduzir nada já conhecido, mas pensados “fora da caixa”, trazendo sempre uma dose de inovação – seja formal, tecnológica ou as duas coisas – e, em muitos casos, também de ousadia.

Conexões Espontâneas, design Fernando e Humberto Campana

Escultóricas? Sim! Funcionais? Também! As bicas lançadas pela Docol tiveram como ponto de partida as adaptações hidráulicas encontradas nas construções mais simples, improvisadas. O serpentear da estrutura faz com que a peça também funcione como toalheiro. Disponíveis nas versões de mesa e parede e com quatro opções de acabamento (cobre, dourado, níquel e grafite), as bicas trazem uma delicada textura produzida manualmente – novamente os Campana explorando os limites entre o industrial e o artesanal. A instalação, em um ambiente todo revestido em bambu, material caro à dupla, também conversava perfeitamente com o produto.

DocolGiro, design Gui Mattos

Não se engane: o que, à primeira vista, pode parecer apenas uma caixa pousada sobre a bancada do banheiro é, na verdade, um produto inovador e surpreendente, híbrido de volante e bica. Ao girar a “tampa” da caixa, a bica se revela – detalhe: um sistema de acionamento desenvolvido pela Docol especialmente para este produto faz com que o fluxo de água seja liberado somente quando a bica atinge sua posição final (alinhada com o centro da cuba).

Puro, design Cecilie Manz

Minimalismo, sutileza no trato das cores e texturas e uma elegância extrema. Assim é a nova linha Puro, assinada pela dinamarquesa para a Portobello. A ideia era propor uma coleção minimalista, mas que desafiasse os limites do material e das técnicas produtivas. Desafio aceito! O resultado é descrito por Cecilie como “uma composição com o mínimo: somente o suficiente. Texturas microscópicas sutis, flexíveis, diferenças de altura arquiteturais e organizadas”. Aqui, detalhe de uma das texturas (a que mais me encantou): caneluras finíssimas, de grande delicadeza. Impossível não lembrar Mies van der Rohe (e concordar com ele): “Deus está nos detalhes”.

Plano, design Zanini de Zanine

Uma combinação muito feliz entre a geometria simples e forte, a cor marcante e a textura rústica criam a beleza do cobogó criado pelo designer carioca para a gaúcha Solarium. Com volume apenas em um lado, sua produção é feita por prensagem, o que facilita o processo e reduz o custo final. “São peças diferentes do que fiz até agora, com perfurações nas quais experimento efeitos de luz e sombra”, conta Zanine, referindo-se também ao modelo V, outro lançamento da marca na feira.

Escape, design Rodrigo Ohtake

Linhas fluidas e contínuas compõem esta coleção, também lançada pela Solarium. O grande desafio, aqui, conta Rodrigo, foi construtivo: criar as delicadas “pregas” que dão volume ao desenho curvo que se prolonga de um módulo ao outro, num movimento infinito. Depois de alguns anos em que o efeito 3D surgiu de forma bastante agressiva (por vezes até exagerada), agora os revestimentos nos quais a tridimensionalidade aparece de maneira mais sutil vão ganhando espaço no mercado.

Damasco, coleção Oriente

Grafismos geométricos marcam a nova coleção de azulejos da Lurca, inspirada na arquitetura islâmica. Dentre os oito modelos, este chamou minha atenção tanto pela forma não caricata (com linhas bastante sintéticas e sem os previsíveis arabescos), quanto pelo resultado final, de grande impacto visual.

Infinity, design Fernanda Marques

Curvas delicadas e bordas finíssimas (possíveis graças ao uso da tecnologia Fineceramic®), aliadas a uma reentrância na base da cuba – que faz com que a peça pareça “flutuar” em relação à bancada – tornam muito elegante o desenho desta bancada de sobrepor, desenvolvida a convite da Roca. São três modelos: duas cubas simples e uma dupla, que podem ser customizadas graças à possibilidade de combinar diferentes materiais e acabamentos. “Desde o princípio expressei meu desejo de trabalhar com textura e mesclar elementos”, conta Fernanda. Na feira, além da coleção comercial, na cor branca, foram apresentados protótipos em várias cores – ficamos na torcida para que também entrem em produção!

Unidade Minimalista, design Osvaldo Tenório

Com formato inspirado pelas linhas circulares da água em direção ao ralo, a cuba criada pelo arquiteto pernambucano para a Deca se destaca não só pela elegância do traço, mas pela cor verde intensa com acabamento matte. Um convite para ousar nas cores do banheiro com muita classe!

Cuba, design Studio Arthur Casas

Minimalista com personalidade, a cuba criada para o ambiente do arquiteto na Casa Cor SP do ano passado agora é oficialmente lançada pela Deca e se destaca pela combinação equilibrada de linhas retas e orgânicas.

Joy MZ, design Marília Zimmerman

Versatilidade compositiva – graças ao formato em forma de diamante e à extensa paleta de cores – é o forte desta coleção apresentada pela Portinari, que tem como inspiração um clássico do universo fashion: o xadrez de losangos, estampa presente em kilts e mantas usadas pelos escoceses desde o século 17. São 15 opções de cores, das neutras às mais “alegres”, mas dessaturadas – as peças têm textura rugosa semelhante à dos papeis usados para aquarela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.