A Floresta de Heloisa Galvão, Nicole Tomazi e Paola Muller

Na vida e no design, a união faz a força! Pois é nisso que Heloisa Galvão, Nicole Tomazi e Paola Muller acreditaram ao se unirem para apresentar suas novas criações. Não é a primeira vez que as três se juntam para colocar seus trabalhos em diálogo (já postei sobre isso aqui), e o resultado novamente é inspirador.

Tudo surgiu a partir do desejo de falar de um tema hiper atual e urgente: a Floresta e sua conservação. “No momento presente, precisamos falar sobre esse tema”, afirma Paola, demonstrando o desejo das três de se posicionarem sobre o assunto. “Não dá para falar de floresta sem pensar e falar de preservação”, completa Heloisa. Uma decisão corajosa e muito frutífera: os produtos resultantes dessa conversa são de uma beleza e poesia que encantam.

Uma “floresta” ocupou o ateliê de Heloísa Galvão
Plantas, folhas, cheiros e sons remetiam às florestas tropicais

Para completar, as peças foram apresentadas ao público em uma instalação que cria uma floresta onírica dentro do ateliê de Heloisa, em São Paulo. A convite do trio, Michell Lott montou uma mata fechada com cheiro, som e até o frescor da floresta. Em meio às plantas, brotavam os produtos. Uma viagem insólita e deliciosa. E, ao final do corredor de plantas, uma mesa reunia a produção recente das três designers, num diálogo de harmonia e beleza.

Ao final do corredor, chegava-se a uma mesa que reunia o trabalho do trio
Outra vista da mesa: cerâmicas de Heloisa, palhas de Nicole e têxtil de Paola

Mas vamos às criações: Heloisa Galvão apresentou quatro novos tons de verde (Floresta, Planície, Oceano e Lago), que surgiam em novas versões das séries Líquida e Moles. Como unir delicadeza e intensidade? Ela consegue!

Nicole Tomazi também expandiu a já famosa linha Genius Loci (apresentada – e premiada – na MADE no ano passado), executada com palha de milho por artesãos do Rio Grande do Sul. “Eu quis fazer outras formas e objetos para dar mais possibilidade deste material crescer”, conta Nicole. Agora, surgem objetos como fruteira e sousplat, além de luminárias de piso e pendente. As luminárias possuem espelhos em seu interior, para amplificar a emissão luminosa.

Paola Muller, por sua vez, apresentou uma série de mantas com estampas baseadas em padrões de erosão do solo, folhagens da floresta e o animal print das onças, além de pufes e banquetas com padrões no mesmo tema. O destaque, porém, eram dois tapetes que mesclavam tons de verde e tons terrosos, cuja estampa surgiu a partir de imagens aéreas do desmatamento da Amazônia: a transmutação de uma situação crítica em beleza – beleza que tem papel de alerta.

Ao fim de tudo, ecoa a mensagem de Heloisa, Nicole e Paola: tenhamos amor, respeito e gratidão às florestas e a toda vida que nelas habita. <3

(Todas as fotos foram clicadas por André Giorgi)

Vasos de Heloisa Galvão
Vasos de Heloisa Galvão
Peças de Heloisa Galvão
Peças de Heloisa Galvão
Heloisa Galvão e algumas de suas criações
Luminárias de Nicole Tomazi
Peças de Nicole Tomazi
Nicole Tomazi e as novas luminárias
Peças de Paola Muller
Peças de Paola Muller
Manta de Paola Muller
Paola Muller e algumas das novas mantas
A mesa que reunia o trabalho das três designers: manta (usada como toalha) de Paola, cerâmicas de Heloisa e objetos de palha de Nicole
Outra vista da mesa
Parceria e amizade: Heloisa, Paola e Nicole

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.