Uma imagem para a sexta… (#75)

Como não ficar impactada com as cores e a força expressiva dessa pintura de Pilipili Mulongoy (1914-2007)? Fiquei ainda mais impressionada ao saber que esse artista por muito tempo só pintava superfícies chapadas – ele ganhava a vida como pintor de parede antes de começar a trabalhar no atelier do pintor e mecenas belga Pierre-Romain Desfossés, que encorajava jovens artistas a pintar cenas naturais de forma decorativista. Mulongoy foi um dos primeiros a se inscrever nas aulas de Desfossés e logo se tornaria um líder entre seus alunos.
A obra acima participa da exposição Beauté Congo – 1926-2015 – Congo Kitoko, em cartaz até 15 de novembro na Fondation Cartier Pour l’Art Contemporain, em Paris. A mostra reúne obras produzidas na República Democrática do Congo desde os anos 1920 até os dias de hoje. Mais detalhes aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.