Uma imagem para a sexta… (#67)

Uma natureza-morta do século 21? Mais do que isso. Criada pela holandesa Carolina Wilcke, a instalação Tafelgenoten faz, claro, uma alusão a um período importante na história da arte holandesa (o século 17, quando os pintores mostravam seu virtuosismo pintando naturezas-mortas impecáveis), mas também propõe outro tipo de reflexão. Carolina faz uma analogia à diversidade das pessoas que se reúnem ao redor de uma mesa de jantar. Para a designer, esses objetos (que ela mesma executou, provando seu talento como artesã) são vistos como indivíduos únicos. “É como as companhias que temos à mesa: há diferenças de cor, material, pele, tamanho e forma”, teoriza. E a diversidade que cria a beleza!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.