Afrescos vivos

Joias desconstruídas transformam-se em elementos pictóricos pelo olhar talentoso de Antoine+Manuel, autores da instalação Cartieroscope, criada especialmente para a exposição Cartier, Le Style et l’Histoire, que se encerra hoje em Paris. Linda a forma como essa dupla de designers gráficos criou oito composições temáticas animadas que, projetadas no teto e nas paredes do Salon d’Honneur do Grand Palais, assumiram o papel de verdadeiros afrescos digitais.
“Para criar a ilusão dos afrescos se adaptando à arquitetura do Salon d’Honneur, foi necessário medir o espaço a partir de fotos e plantas técnicas. Então, para cada imagem nós cortamos o espaço, jogando com os volumes reais ou inventando novos: paisagens, arquiteturas e abstrações. Enquanto isso, Antoine fez uma enorme pesquisa fotográfica dos itens Cartier, a partir da qual nós geramos joias híbridas, acumulações e fusões”, explica Manuel.
“Nós demos preferência aos aspectos da Maison que mais nos inspiraram e eram mais próximos do nosso universo e das nossas questões. Embora cada período constitua uma extraordinária fonte de inspiração, o exotismo, a fauna e o Art Déco nos atrairam de forma específica”, conta Manuel. A seguir, minhas quatro composições preferidas – os nomes já são autoexplicativos.

Café Society
Chine
Egypte
Fauna

Para quem quiser saber mais, aqui tem um vídeo no qual os designers falam sobre o processo criativo e mostram algumas das sequências animadas. No site de Antoine+Manuel também há videos acelerados das projeções (como esse aqui), vale conferir.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.