Power to the people!

Que tal se os consumidores pudessem interferir no design dos produtos? Não, não estou falando do design participativo, nada como aqueles sites do tipo “monte sua geladeira” ou “escolha as cores do seu tênis”. Trata-se de algo muito mais simples  mas, a meu ver, genial  que foi criado pela designer irlandesa Jane ni Dhulchaointigh, enquanto ela fazia o curso de design de produto no Royal College of Art, em Londres. “Eu não quero comprar coisas novas o tempo todo. Eu quero poder modificar as coisas que eu já tenho, de modo que elas funcionem melhor para mim”, diz Jane, explicando o desejo que deu origem ao Sugru.
O Sugru é uma massinha maleável, e que permite que qualquer pessoa modifique ou mesmo conserte objetos dos mais diversos tipos. Auto-adesivo, pode ser trabalhado durante 30 minutos, e depois de 24 horas (período de cura) está pronto para usar, sem perder a forma, e com uma consistência macia, como de silicone. Além disso, é bastante resistente: aguenta praticamente qualquer temperatura (de -60 a +180°C), é resistente à água e pode até ser lavado na máquina! Como se vê, a ideia por trás do Sugru é simples, mas o material nem tanto  foi preciso mais de 5 anos para desenvolvê-lo.

A possiblidade de aplicações é gigante, e o produto deve se tornar um must have logo logo. O Sugru é comercializado pelo site, e o primeiro lote, que os designers esperavam vender durante todo o mês de dezembro, foi vendido em 16 horas. Novo lote foi liberado e… vendido em 10 horas! Quem quiser comprar (é o meu caso  rsrs), precisa ficar de olho no site e no blog, pois, por enquanto, o estoque está esgotado…  🙁
No vídeo acima, a designer apresenta algumas formas de “hackear” seus produtos com Sugru. Além da customização dos produtos novos, é muito bacana o fato de se poder consertar produtos antigos, e adaptá-los às nossas novas necessidades. Afinal, a gente muda sempre… mas se os produtos puderem acompanhar essa mudança, é fantástico! Se o Sugru pegar mesmo, pode ser a deixa para uma atitude coletiva menos consumista. Será? É esperar pra ver…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.